Vírus

Kaspersky afirma, que os criadores do vírus são brasileiros.

Na semana passada foi descoberta uma nova praga virtual disponível apenas para os utilizadores do Google Chrome, chamada Skype to Go. A extensão foi encontrada na loja oficial do navegador, a Chrome Web Store, e prometia 100 minutos para falar com os utilizadores do VoIP, no entanto a extensão altera as informações bancários geradas no Chrome, modificando a conta de quem recebe o dinheiro.

Segundo o laboratório de segurança da Kaspersky, através de uma solicitação da extensão, de permitir o acesso da mesma a todas as abas abertas no navegador, após você permitir o acesso, a extensão procura por termos relacionados a informações bancárias para identificar quando um transferência bancária é gerada. Quando uma trasferência é encontrada, a extensão comunica com um servidor de comando e controle. Desde lá, o criminoso digital consegue alterar os dados da conta bancária que vai receber o dinheiro da transferência bancária e anular a validade do código de barras.

Só não é possível mudar o valor da transferência. A falsa extensão é capaz de modificar informações de grande parte dos bancos do mundo. A Kaspersky afirmou que existem três variações do “Skype to Go”. O Google foi comunicado e em 24 horas, as extensões foram retiradas da Chrome Web Store. Ainda não há estimativas de quantos utilizadores foram afetados pelo golpe.

 

Se gostou deste artigo, subscreva a nossa Newsletter para receber as últimas novidades do mundo da tecnologia no seu email!