Vírus smartphone

A evolução dos celulares / telemóveis para aparelhos mais sofisticados, com sistemas operacionais inteligentes, trouxe também uma nova preocupação: a necessidade de criar métodos que garantam a segurança dos dados contra agentes maliciosos.

Os smartphones estão sujeitos a vírus, a roubos de informações e a outras ameaças digitais!

Nos últimos anos, temos acompanhado de perto a grande evolução dos smartphones, que são, atualmente, mais “smart” do que “phones”. No entanto, como em todas as evoluções, há sempre algo que procura a regressão. Neste caso, são os vírus, os malwares e o spam.

De acordo com uma pesquisa realizada pela empresa de segurança digital KasperskyLab, 17% dos utilizadores Brasileiros de smartphones acham que ataques cibernéticos não são reais, mas sim, um exagero das empresas de segurança. Apenas 28% acreditam que podem sofrer algum tipo de ataque virtual.

Esta ingenuidade é muito perigosa, uma vez que ocorrem cada vez mais ataques virtuais e, diferentemente do que se possa acreditar, o alvo não é específico, como, por exemplo, uma pessoa rica ou famosa. Os alvos são aqueles que não estiverem precavidos. Para a chefe de Administração de Produtos de Consumo da Kaspersky, Elena Kharchenko, os criminosos não se preocupam com a natureza dos seus alvos, o que torna a Internet ainda mais perigosa.

A pesquisa mostrou, também, que apenas 18% dos usuários estão conscientes dos riscos que a utilização de uma rede aberta de WiFi representa. Por outro lado, 6% utilizam informações pessoais em sites quando conectados a este tipo de rede.

Antivírus

Por mais improvável que possa pareça, um ataque virtual pode acontecer a qualquer instante, em qualquer aparelho. Utilizar informações pessoais, como senhas de banco ou email, são um grande risco para a sua segurança. As redes WiFi são os principais meios utilizados para infeções de malware e spam.

É preciso estar atento e utilizar sempre a versão mais atual do sistema. Quanto mais recente, menores são as chances de sucesso de um ataque. Também é importante utilizar um antivírus para smartphones de confiança, que possibilite uma utilização segura da internet e dos seus sites.

Hoje, os smartphones funcionam, quase, como um computador. Apesar da sua programação ser mais simples, já é possível fazer muitas coisas que, antes, só eram realizadas a partir da conexão com um PC. Assim como num computador, é preciso realizar limpezas, instalar antivírus, ter cuidado com os sites em que se navega e não transmitir informações a estranhos.

Outra forma de garantir a segurança, é prestar atenção às apps baixadas. Procure, sempre, informações a respeito de cada app e faça o download através da loja do seu sistema operacional. Apps piratas trazem malwares nos seus códigos e facilitam o acesso de hackers.

Vírus computador

De acordo com o professor de Segurança Digital da Universidade Federal do Rio de Janeiro, Paulo Silva Freitas, a falta de conhecimento sobre tecnologia aumenta a preocupação relativamente a ameaças cibernéticas. Os brasileiros, na sua maioria, têm pouco conhecimento sobre como os hackers agem e o que eles são capazes de fazer. Mesmo que a pessoa não tenha nada importante armazenado no aparelho, a mesma, pode servir de ponte para o criminoso atacar outros utilizadores, ou até a própria vítima, danificando o aparelho ou roubando senhas de sites e redes sociais.

Tendo em conta tudo o que lhe pode acontecer, não deixe a sua segurança de lado. Confira os antivírus disponíveis e utilize aquele que melhor se adequa às suas necessidades.

 

Se gostou deste artigo, subscreva a nossa Newsletter para receber as últimas novidades do mundo da tecnologia no seu email!