As redes sociais já não são algo relativamente novo, desde o começo do século a integração do mundo passa por essas plataformas de comunicação, o que não é tão mau assim. Afinal, nunca foi tão fácil conversar diretamente com alguém do Japão, da Ucrânia ou até da Austrália, tudo à distância de um clique.

A velocidade com que a informação chega à população é um dos benefícios das redes sociais

A velocidade com que a informação chega à população é um dos benefícios trazidos pela estabilidade das redes sociais, principalmente através do Twitter. O serviço de microblog é o mais utilizado pelos principais líderes mundiais para a divulgação de informações.

Não podemos deixar de falar do gigante Facebook, com cerca de 1.150.000.000 de contas criadas em apenas 10 anos de existência. A maior rede social do mundo começou num pequeno quarto na Universidade de Harvard e acabou por se tornar na principal fonte de relacionamento via internet da atualidade.

Redes Sociais

O Google+ é ainda relativamente novo, foi criado em 2010 para substituir o já esquecido Orkut. Não teve tanto impacto quanto os primeiros cinco anos da rede social de Zuckerberg, mas não chega a ser um fracasso. O seu ponto forte é a total integração com os serviços da Google.

Todas estas redes sociais conseguiram descobrir a sua própria chave para o sucesso. Cada uma conta com um tipo de serviço único, por exemplo, o MySpace é indicado para quem gostaria de divulgar o seu trabalho artístico, o Instagram e o Pinterest para quem gosta de postar fotografias durante o dia-a-dia e o LinkedIn, que aposta numa rede social voltada para o mercado de trabalho.

 

Se gostou deste artigo, subscreva a nossa Newsletter  para receber as últimas novidades do mundo da tecnologia no seu email!