Que computador comprar? Saiba o que levar em conta na hora de escolher

Se você está a pensar em trocar de computador ou simplesmente quer comprar um novo mas não sabe que modelo escolher, veio ao lugar certo. Para saber que computador comprar é necessário, antes de mais nada, avaliar quais são as suas necessidades – ou seja, para o que é que você quer utilizá-lo?

Se a sua intenção é apenas navegar pela Web e desempenhar outras tarefas simples, um PC básico é o suficiente. Por outro lado, se você quiser jogar videojogos com elevada qualidade e performance, é preciso investir mais. Para ficar esclarecido a todos os níveis, confira as nossas dicas para saber que computador comprar, de forma a atender as suas necessidades.

Computador básico, intermediário ou avançado?

Básico:

Se você quer um PC apenas para navegar pela Internet, fazer trabalhos da escola/faculdade, assistir a filmes e ouvir música, então não precisa de um computador superpotente. Um PC básico com, no máximo, 500 GB de disco rígido, 2 GB de memória RAM e um processador AMD ou Intel mais recentes já dão conta do recado. Um aparelho disponível no mercado e que conta com estas especificações para uso doméstico é o Pentium E6600 Pro AT490AV.

Intermediário:

Já se você quiser exigir um pouco mais do computador, jogar videojogos leves com um pouco de qualidade gráfica e softwares mais elaborados, como o Photoshop, então é preciso investir em um computador intermediário. Neste caso, é indicado que se tenha 4 GB de memória RAM e 1 TB de HD.

Aqui, o processador, a motherboard e a placa de vídeo começam a ter mais importância, uma vez que existem componentes voltados para o bom desempenho gráfico, essenciais para executar softwares multimídia com qualidade. O Desktop Pavilion Slimline S5-1450BR da HP é um bom exemplo de PC intermediário e que desempenha bem funções que exigem mais do computador.

Avançado:

Entende-se por computador avançado aqueles que têm um fim bem específico, como executar jogos pesados em alta qualidade, trabalhar com softwares profissionais de edição de fotos e vídeos, entre outros fins. Estes PCs são bem mais potentes do que os acima citados e, consequentemente, também têm desempenhos e custos mais elevados.

Um PC avançado deve ter, no mínimo, uma memória RAM de 8 GB e um HD de 1 TB – mas, como a finalidade são jogos e edição de conteúdo, é mais indicado que o armazenamento seja maior ou que se adicione um SDD de 120 GB. Quanto ao processador, os Intel Core i5 e Intel Core i7 são os mais indicados, bem como uma motherboard Gigabyte GA. A placa de vídeo também precisa de ser mais avançada, e uma das dicas é optar pela GeForce GT 730 ou pela GeForce GTX 550 Ti.

As especificações referidas acima são boas tanto para jogar videojogos quanto para executar softwares de edição avançados. Se a ideia é ter um computador totalmente voltado para games, é possível montar uma máquina com componentes específicos para esse fim, sendo preferível utilizar o Windows. Já se a ideia é ter um PC potente para edição de conteúdo, computadores da Apple, como o iMac e o Mac Pro, são sempre boas opções – só depende do que você está disposto a gastar.

Para finalizar, reforçamos a dica inicial: tenha em conta as suas necessidades e, com base nas outras dicas dadas, escolha o que o irá melhor atender. Sabendo para que fim o computador será utilizado e entendendo um pouco melhor as especificações técnicas da máquina será, certamente, mais fácil saber que computador comprar.

 

Este artigo foi uma colaboração de Humberto Puperi da Cinco TI.