UC Browser Times Square

UC Browser celebra a vice-liderança mundial na Times Square, Nova Iorque.

O UC Browser – navegador móvel que faz parte do enorme grupo asiático Alibaba – superou o Safari e, com 17,42% do market share mundial, tornou-se o segundo navegador móvel mais popular do planeta. Os dados são do site StatCounter, um medidor de tráfego de internet independente.

Esta recente conquista coincide com o recente avanço do navegador em mercados emergentes e com grandes populações. O navegador é líder de mercado na China já há vários anos e, em países como a Índia e Indonésia, já conta com 54% e 49% do market share respetivamente, de acordo com o mesmo StatCounter.

A principal razão deste rápido sucesso é o facto de o navegador ser projetado de modo a sobressair em países em que as infraestruturas de tecnologias móveis são pobres e ineficientes ou em que operadoras falham em oferecer serviços de qualidade. Através de um sistema próprio de compressão de dados em nuvem, o UC Browser é capaz de compactar dados, o que resulta em uma navegação mais rápida e, ao mesmo tempo, em que economiza dados do precioso pacote de internet.

O Brasil – um dos principais mercados de negócios mobile do mundo – não está fora dos planos da empresa. O UC Browser já conta com versões em Português para Windows Phone e Android. É possível notar o esforço da empresa em adaptar o navegador para as mais variadas necessidades de todos os utilizadores. Na página inicial do navegador, encontram-se secções de músicas, filmes, campeonatos de futebol e até a boa e velha “zoeira” tão em voga nestes dias.

UC Browser 2º navegador móvel do mundo

A conquista do segundo lugar foi celebrada com um anúncio em um dos espaços publicitários mais prestigiados e caros do mundo: a Times Square, em Nova Iorque. Esta conquista é ainda mais impressionante quando se ressalta que, tanto o recém superado navegador da Apple quanto o líder Chrome, são navegadores que já vêm pré-instalados nos smartphones, gerando uma imensa massa de usuários por “inércia”. Pelo contrário, o UC Browser, não é o navegador padrão em nenhum dispositivo e os utilizadores têm de o instalar a partir das loja de apps. A batalha pela primeira posição no ranking dos navegadores móveis parece estar apenas a começar. Aguardemos os próximos episódios.