Prometendo revolucionar as formas de pagamento da atualidade, a carteira digital do Facebook ainda sofre alguns impedimentos legais, apesar de estar pronta

Carteira digital do Facebook

Com o avanço da tecnologia, a sociedade tem percebido novas formas de fazer atividades básicas, como o pagamentos. Em vez de tudo ser feito apenas com dinheiro físico, com boletos ou cartões, hoje vemos uma reinvenção — e é esse o sentido da carteira digital do Facebook: revolucionar as formas de pagamento digitais.

Apesar de já ter um conceito conhecido no mercado há um tempo, o lançamento dessa nova possibilidade ainda é uma incógnita. De acordo com David Marcus, diretor da seção de criptomoedas do Facebook, a carteira digital do Facebook já está pronta para ser mostrada ao mundo, mas os fatores burocráticos seguem impedindo que isso possa acontecer. Confira o que mais se sabe sobre o serviço.

O que impede o lançamento da carteira digital do Facebook

O Facebook utiliza a stablecoin Diem, uma moeda digital anteriormente conhecida como Libra. Ela é vista como forma de trazer maiores benefícios e por ter um protocolo aberto, gerando mais transparência entre os dois lados da comunicação financeira.

Carteira digital do Facebook

No entanto, isso pode acabar definitivamente porque a Diem tem sido criticada fortemente pelos órgãos de regulamentação financeira e pode chegar ao nível de ser banida, o que faria com que o Facebook fosse obrigado a parar de usá-la.

Caso isso chegue a acontecer, pode ser a oportunidade perfeita para que a carteira digital do Facebook, chamada Novi, seja implantada. David Marcus, que já atuou com o PayPal, reconhecido sistema de pagamentos digitais, reforça a importância de migrarmos a economia para o ambiente virtual. A prática já existe e estava sendo feita aos poucos, mas com a pandemia do coronavírus e os protocolos de distanciamento todo o processo foi acelerado, mostrando o quanto o digital pode salvar em cenários diversos.

A carteira digital do Facebook como solução

A ideia é fazer com que a novidade seja diferente e revolucione o mercado ao oferecer um serviço que não acumule taxas absurdas e que possa servir de auxílio nos momentos mais necessários, sem burocracia e lentidão.

Para além dos próprios serviços em si, que apresentam essas barreiras, os próprios governos podem também atrapalhar o desenvolvimento de um sistema de pagamento integrado que realmente funcione.

Caso haja uma maior aceitação desse tipo prática, todos saem ganhando: os comerciantes serão capazes de alcançar as pessoas que não têm dinheiro físico e fazem tudo no digital, enquanto os clientes terão mais possibilidades de pagamento mais simples e seguros, efetuando a compra em poucos instantes sem burocracia.

A carteira digital Novi atrai grandes expectativas por ser vista como uma ferramenta financeira capaz de melhorar a dinâmica do mercado e trazer benefícios para todos, assim como foi o Pix, por exemplo. No entanto, a burocracia legal tem adiado cada vez mais o lançamento.

Tudo pronto e formalizado, basta que os impedimentos legais sejam vencidos. Estamos na expectativa para quando esse momento finalmente chegar! E você, gosta dessa ideia?

Leia também

Pulseira do Facebook: o que se sabe sobre ela?

Dicas do Facebook – domine essa rede social